AffonsoRitter.com.br
 
 
Última atualização às:
08:25 - 22/02/2019
Página principal com destaques Destaques
Confira todas as notícias Notícias
Confira nossa NewsLetter NewsLetter
Saiba quem é Affonso Ritter Quem é ?
Entre em contato Contato
Seção Empreendedores Empreendedores
Seção Amantes do Vinho Amantes do Vinho
Dicas de Links Dicas de links
 
BRDE
Banrisul Consignado
SICREDI
GBOEX
Intelig?ncia em Tecnologia da Informa??
 
 
O gênero feminino em 1792

A autora inglesa Mary Wollstonecraft, citada por Virgínia Woolf e Emma Goldmann como a primeira a lutar pelos direitos das mulheres em seu livro "Vindication of rights of woman", escrito em 1792, baseava-se nos preceitos de que tanto os homens quanto as mulheres devem ser tratados como indivíduos racionais. "A intenção da autora era demonstrar que a visão de eles serem livres pensadores e elas simplesmente agradáveis, delicadas e bonitas evidenciava o quão distante as mulheres estavam de seu verdadeiro potencial de inteligência", explica a pesquisadora e escritora do universo feminino, Alice Schuch. Wollstonecraft desejava que as mulheres almejassem ser cidadãs plenas, mas para merecerem isso, elas precisariam desenvolver a razão, deixando de lado o mundo das meras aparências, o mundo dos desejos insaciáveis que estava na base da sociedade do século XVIII. "Estava na hora de fazer uma revolução no comportamento feminino - de restaurar a dignidade perdida - e fazer com que as mulheres fizessem parte da espécie humana: devemos mudar para mudar o mundo", mostra Alice. A pesquisadora Alice Schuch conclui que a revolução do comportamento feminino pautado por Mary Wollstonecraft já em 1792 deveria incluir o desenvolvimento da razão, a maior independência financeira das mulheres e as atividades na esfera pública.

Incluída em: 28/02/2017 - 16:28

VoltarVoltar

 
  08:25 - Clima e segurança nacional
  08:22 - Os equívocos conceituais
  07:29 - Caixa de bebê abandonado
  07:05 - Melhor resultado da Gerdau
  06:53 - Mourão na Festa da Uva
  21:44 - Milhões de vagas em risco
  21:39 - Dólar sobe para R$ 3,762
  21:35 - Igreja debate abuso sexual
  21:30 - Venezuela fecha fronteira
  21:27 - Cadela à espera de Boechat